o doido

Bem, falar de Rafael Calheiros é falar de inconstância. Ele acredita que todas as pessoas são inconstantes. Mas poucas são tanto quanto ele. Falar desse pobre rapaz é ter que pensar um pouco para poder falar algo de bom. Pessimismo é um dos pontos fortes. Talvez por não ter mais tanto a capacidade de imaginar coisas boas que possam se tornar realidade. Não ter a capacidade de sonhar (até tem, mas desiste logo com as dificuldades e infinitas possibilidades de dar tudo errado). É ver o mundo preto e branco. A tristeza está em todo lugar. Mas, por outro lado, a alegria também está. E é nessas raras horas que eu consigo enxergar um menino sonhador e feliz. Tudo é efêmero. Quando se olha já passou pelas nossas mãos. Ontem eu era uma criança feliz e inocente. Hoje sou um “jovem” pensativo que às vezes se esquece de viver. Amanhã posso ser um velho arrogante e seco, se houver amanhã.

É mudar de humor de uma hora pra outra sem ter nenhuma explicação lógica-científica-psicológica-social plausível. É ter consciência da sua mediocridade. Que suas atitudes são egoístas (como a maioria das atitudes dos seres humanos). É ter como amigo um copo de alguma bebida. Já que na solidão refletimos mais quem somos (ou pensamos ser). E eu pensava que era um homem bom, inteligente, nobre e honrado, que impunha respeito e admiração pelas atitudes. Mas, que atitudes? Tudo não passava de meros devaneios tolos. Finjo, como a maioria das pessoas fingem. Claro, ninguém mostra o seu lado ruim para os outros. Isso é uma forma de fingimento. O que gostamos de transparecer é que somos pessoas legais, bem-resolvidas, inteligentes e “tralaladocaraiacuatro”.

Bem, mas quando penso em mim não sei quem sou. Tudo é tão difuso, tão turvo que fica impossível ter clareza. É como enxergar na penumbra.

Poucas qualidades de pequeno valor que são supervalorizadas quando externadas e muitos defeitos que são escondidos. Ainda assim, aparecem mais os defeitos que as qualidades.

Apesar de tudo, acredita ser uma pessoa com uma índole boa. Pensamentos bons com atitudes ruins. Com certeza, algo tem que mudar. Só num sei o que é ainda. É difícil descobrir porque todo dia as pessoas mudam. Inclusive esse servo homem que vos escreve.
Mais sobre:

perfil no orkut
perfil no last.fm
perfil no queenalice
álbum de fotos no picasaweb

rcalheiros@gmail.com

Anúncios